sexta-feira, 20 de julho de 2012

Costumes da Igreja de outros tempos - 4

Aguardar o início do culto, de joelhos em oração. Era um excelente costume. Lembro das vezes em que, em pleno culto de domingo à noite, antes de o escalado iniciar o trabalho, o Senhor operou maravilhosamente no meio da pequenina congregação de Córrego do Botijão, toda ajoelhada em fervente clamor. O culto era tipicamente pentecostal do começo ao fim. Não poderia ser diferente. E olha que o piso não era de cerâmica...
Mas não era somente em congregações de periferia. Lembro também da igreja em Casa Amarela toda ajoelhada (incluindo crentes pelos corredores) antes dos cultos de doutrina, oração e de "portas abertas" como era chamado o culto público de pregação.
É fato que esse costume já não existe mais a começar pelos grandes templos, especialmente onde não há o culto dirigido pelos jovens antes do chamado "culto oficial", onde ao invés de reverência e reflexão, a conversa corre solta. 
Penso que os irmãos não estão preparados para o culto porque não saem de casa dispostos a cultuar e sim a assistir os atos de culto. Sinto falta desse bom costume.

2 comentários:

Daladier Lima disse...

Assinado, prezado Silvio Araújo. Temos tentado recuperar este costume por aqui. Há momentos que só uma opção: iniciar o culto para o bem de todos, senão se passa uma carraspana e indispõe totalmente. AO menos na Ceia, 15 minutos, temos conseguido.

Jane Lins disse...

Caríssimos irmãos, também sinto falta desse bom costume,masa por onde eu ando, se ficarmos ajoelhados muito tempo as pessoas nos quebram as pernas ou os pés, porque não prestam atenção em quem está de joelhos e ainda há aqueles que falam " o círculo de ora~ção não é hoje..." É uma pena.

Related Posts with Thumbnails