segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Coral de Casa Amarela - 70 anos de louvor a Deus

Numa manhã de domingo no final do ano de 1937, após a Escola Dominical em Casa Amarela, alguns irmãos, a maioria jovens, se reuniram e foram até o Orfanato que a Igreja mantinha para solicitar ao Missionário Joel Carlson a formação de um Coral para aquela congregação à exemplo do que existia na Matriz (Encruzilhada), inaugurado quatro anos antes. O missionário os despediu e pediu que fossem orar que ele iria pensar no assunto.

Quinze dias depois ele enviava o jovem João Vieira para verificar a possibilidade de atendimento ao pedido dos irmãos e assim ficou acertado que o então diácono José Rosa (futuro Pastor-Presidente interino), pai do nosso inesquecível Pr. Salatiel Rosa, ficaria responsável por convocar os interessados para o primeiro ensaio.

João Vieira de Araujo nasceu em 06/03/1916 e foi criado com os missionários, no Orfanato da Igreja. Embora seus pais fossem vivos, eram muito pobres e o casal Carlson o acolheu. Viram nele tendência para a música, pois muitas vezes o garoto pegava o violino do missionário após vê-lo tocar e reproduzia notas e pequenas melodias. Matricularam João no Liceu de Artes e Ofícios (Conservatório Pernambucano de Música) onde se formou e aos 17 anos (16 e oito meses) fundou o primeiro coral da AD em PE no templo da Encruzilhada e todos os coros mais antigos deste Estado, como os das congregações em Pina, Olinda, Casa Amarela, Aldeia de Baixo, Iputinga dentre outros, passando a supervisionar todo o trabalho musical de nossa Igreja na gestão do Pr José Bezerra da Silva.

Então, na noite de 24 de junho de 1938, um dia de sexta-feira, feriado local, o Coral da Assembléia de Deus em Casa Amarela era inaugurado para a glória do Senhor Jesus, com 22 integrantes que entoaram ao Senhor os hinos “Jesus à porta do Coração” nº 134 da Harpa Cristã e “Crê já somente no Senhor”, nº 006 do hinário Coros Sacros, num culto dirigido pelo presbítero João Benvenuto.

Entre os pioneiros (fundadores e componentes dos primeiros anos), conseguimos resgatar os nomes de: Domingos Carneiro, Antonio Fernandes de Albuquerque, Gemima, Balbino Marques, Silvia Marques, Augusta Silva, Antonio de Albuquerque, Cláudio de Albuquerque, Josefa Alves, João Flórido da Paixão e sua irmã, Edite Teotônia, José Correia e irmã Dila, Josefa Antônia, Manoel de Souza Freitas (Nequinho), Teófilo Barbosa, Esmeraldina Guedes, José Rosa, Antônio Viegas e Zacarias.

Em 1941, foi inaugurado o templo da AD em Casa Amarela e o coral ganhou um lugar privilegiado: um tablado acima do púlpito. Dalí, belas melodias chegaram ao coração de Deus e aos ouvidos de muitos, que se converteram ao passar pela calçada lateral da igreja (Rua Pe Lemos) e ouvir o Coral cantar.

Uma reportagem do Mensageiro da Paz, de fins de 1949, testemunhava a inspiração e a dedicação musical deste Coral quando de sua apresentação na inauguração do templo em Olinda.

Em 1953, o maestro João Vieira deixou a direção do Coral vindo a ser substituido pelo irmão Antonio Tavares. Após dois anos, este foi substituido pelo irmão Antonio de Albuquerque, vindo da congregação em Córrego do Jenipapo, porém o mesmo só permaneceu alguns meses.

Foi então designado para reger o Coral, o maestro Euclides Ferreira, sendo o Pr José Amaro da Silva, pastor presidente de nossa Igreja;

O trabalho seguia e o maestro Euclides assumiu a direção de outros coros dado à escassez de regentes e ao vertiginoso crescimento da Obra, necessitando por isso, deixar o coral. No início da década de 1960 assumiram o coral o regente Antonio Ferreira e depois o maestro João Rodrigues (Joca).

Em 1964, foi apresentado como regente do Coro em Casa Amarela, o irmão Gildo Carneiro , que trabalhava com o coral na congregação de Mangabeira, conduzindo o coro até o ano de 1972.

Em 1967 o templo foi reformado, ampliado em sua extensão e foram adicionadas galerias laterais. O coro passou a cantar na parte posterior do púlpito.

Em 1972, com a saída do maestro Gildo, o maestro Euclides Ferreira reassumiu o cargo permanecendo oficialmente até 1983, embora desde 1980 já atendesse ao trabalho com dificuldade pois regia outro grupos, sendo ajudado pelo regente auxiliar Osvaldo Araujo .

O irmão Euclides mudou-se definitivamente para Cavaleiro onde regia o Coral e em seu lugar assumiu o regente Osvaldo Vieira de Araujo, filho do fundador, maestro João Vieira de Araujo, permanecendo até 1987. O número de componentes aumentou e os cultos de aniversário eram realizados na nave do templo, no local onde formava o conjunto musical.

Naquele mesmo ano foi substituído pela maestrina Débora Ferreira, filha do saudoso maestro Boanerges Ferreira. Em sua gestão o coro comemorou Jubileu de Ouro.

Foi também em sua gestão que o coro recebeu o nome de "Horebe", porém a tradição de chamar o coral de Coral de Casa Amarela era mais forte e o nome não vingou.

Em 28/01/1997, os trabalhos foram repassados ao regente Silvio Araujo, neto do maestro João Vieira e filho do regente Osvaldo Araujo, e que pela graça de Deus, dirige o coro até a data de hoje.

O coro ganhou novo lugar e o número de integrantes cresceu, passando a 120 componentes.

O coro de Casa Amarela comemora neste ano 70 anos de louvor a Deus e initerrupta atividade servindo aos santos nesta localidade, agora num belíssimo templo, reformado que foi pelo Pr Ailton José Alves.

Muitos são os testemunhos de curas, batismos com Espírito Santo e principalmente salvação de almas através do trabalho deste coro, quer nos ensaios quer nas apresentações. Tudo para a glória de Deus.

22 comentários:

Lucimauro Marques Ferreira. disse...

A paz do Senhor.
Que linda história,que os homens continuem a deixar o Espirito Santo
Agir de forma sobrenatural em suas vidas como podemos ver nessa história.

Lídia Bernardo disse...

Bela festa, estive lá no sábado e foi lindo, parabéns ao Coro, e honra e Glória para o Senhor Jesus Cristo.
Deus continue lhes abençoado.

Paulo Adriano Rocha disse...

Maestro, o senhor já está em Casa Amarela há onze anos??!! Tá ficando velhinho, heim? Rs. Brincadeira...
Gostei do histórico, muito bom, acho que o TK vai aprovar tb.
Que Deus continue abençoando todo o coral e sua direção. Parabéns pelos 70 anos de louvor e adoração!

Silvio Araujo disse...

Amado Lucimauro, A paz do Senhor!
Realmente a história dos pioneiros é recheada da atuação do Espírito Santo, confirmando a Obra para a qual foram chamados e esse agir de Deus deve continuar latente em nossa vida e trabalho. E assim tem sido pela graça de Deus!
Eu agradeço muitíssimo seu rico comentário e participação!

Silvio Araujo disse...

Irmã Lídia!! A Paz do Senhor!!! Que surpresa!
Você esteve no sábado e nem falou conosco! Como vão os Prs Bernardo?
Glórias ao Senhor Jesus por tudo. O domingo foi maravilhoso!
Agradeço sua participação e sua honrosa presença em nossa programação.

Silvio Araujo disse...

Grande Paulo. Pois é rapaz! O tempo passa rápido e pra completar a situação, eu comecei muito cêdo. Aos 14 já estava à frente de um grupo musical. Acho que já devo pensar em aposentadoria...

Juber Donizete Gonçalves disse...

Prezado irmão Silvio,

Lindo histórico este. Se estamos aqui hoje, devemos muito ao trabalho pioneiro de irmãos como estes citados no texto. Me lembrei onde a história do nosso coral, se confunde com a da igreja e estará completando 70 anos, em 2009. Parabéns pela postagem.

Graça e Paz.

Rubia disse...

Menino, que historia fantastica, posso copiar? Gostaria de guardar nos meus arquivos.
Meu Deus, teu avô conheceu os Carlson, foi criado por eles, foi isso mesmo q entendi?que privilegio heim?

Lira disse...

Aposentadoria? O senhor escreveu isso maestro? Nem que tenhas que malhar o trigo no lagar não deixaras a obra amém?

lidia disse...

É, realmente não falei pois não deu mesmo, mas Deus vai me dar outra oportunidade de falar com o irmão, e desde já parabenizo pelos belos louvores entoados a Deus na Santa Ceia e foi um imenso prazer ver meu grande amigo Amauri solando um hino, Deus continue lhe abençoando.
Fica com Deus,
Lídia

lidia disse...

Ih!!!! esqueci de responder sua pergunta sobre os Prs Bernardo, o meu pai Mauricio está bem graças a Deus e o meu tio José Bernardo como irmão já deve saber foi jubilado, pois sua saúde não está muito boa, continue orando por toda nossa família, e obg pela lembrança.
Fica na Paz!!!

Silvio Araujo disse...

Jader, a paz do Senhor! Enquanto puder, estarei desempenhando a tarefa que me foi confiada, você sabe disto! O que disse foi um trocadilho em resposta ao post do Paulo Adriano.
Valeu pela participação e volte mais vezes!

Silvio Araujo disse...

Rubia, pode copiar, mas vem aí a segunda parte.
Meus avós conviveram com os missionários. O casal Carlson foi testemunha de casamento deles e quem pôs o nome de meu pai foi o missionário Joel. A irmã Ruth Carlson sempre repete esta história quando nos encontramos.
A honra e a glória que porventura hajam neste episódio sejam totalmente do Senhor!

Silvio Araujo disse...

Irmã Lídia, cantamos segunda-feira no Culto de Doutrina e o Amaury tem sido um ótimo componente e nos tem ajudado muito.
Eu sempre me lembro de seu pai e de seu tio, e em especial, de uma viagem que fizemos a Palmares para o aniversário do Coral de lá e aquele dia ficou marcado na história de nosso coral tal a manifestação do poder de Deus. Glórias a Jesus.

Pr. Jaime Junior disse...

Querido, que a Paz de Cristo esteja contigo, Estou procurando a dias a peça completa do Hino: "Cristo Honrado pela Cruz", não tenho certeza se o titulo é esse, mais é a aquele que diz: " Deus grande foi o teu amor, para provar, deu seu proprio filho..."
espero que possa me ajudar.
Em Cristo Jesus
Pr. Jaime jr
email jota.damata@gmail.com

Jane Lins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jane Lins disse...

A paz do Senhor irmão Silvio,
Sou a maestrina do Coral de Mustardinha e vamos fazer 60 anos, estou fazendo o nosso histórico com algumas curiosidades e tenho uma dúvida que me agradaria muito se o irmão pudesse me esclarecer. Segundo o seu histórico no Compartilhar, o Coral de casa Amarela foi fundado em junho de 1938 o segundo mais antigo, depois o da Iputinga em maio de 1940, mas segundo registros de irmãos de Jiquiá, onde fui vice-maestrina por 5 anos, o Coral de Jiquiá foi fundado no dia 6 de outubro de 1938 assim sendo ele juntamente com Casa Amarela são os dois mais antigos, depois vem Iputinga. Será que o irmão pode me tirar este dúvida? Estou anciosa pela sua resposta e desde já agradeço.
Em Cristo Jesus,
Jane Lins

Silvio Araujo disse...

Prezada irmã Jane, a paz do Senhor.
De fato, o coro de Jiquiá é um dos mais antigos e eu tive o prazer de conhecer o irmão Jorge, que junto com o maestro João Vieira, iam pela linha do trem/bonde a pé ensaiar o coro comendo pão doce. Eram bem jovens e ambos cresceram juntos. Entre em contato comigo. Obtenha números com Noêmia, filha do saudoso maestro Enock Ramos. Direcionarei a sua pessoa a quem de fato, pode contar a história pois a viveu.

Jane Lins disse...

Irmão Silvio, a paz do Senhor.

Quero te agradecer pela sua ajuda,só queria confirmar sobre o Coral de Jiquiá e a minha dúvida já foi tirada. Muito lhe agradeço.
Se puder comparecer à festividade de Mustardinha, será uma honra. Dia 15 e 16 de setembro estaremos comemorando 60 anos do Coral Sinfonia Celestial.
Abraços fraternais,
Jane Lins.

Edílson j sousa disse...

eeMaestro, a paz do Senhor!

Sou maestro em Timoteo Mg. Um amigo me enviou um video do seu coral cantando o Hino Sossegai. Achei muito legau. Gostaria de faze-lo em nosa igreja. Tem como o irmão me enviar o arranjo? Temos aqui coral e orquestra. TEnho um vasto repertorio e podemos trocar material ou se vc quiser vender ´s so me enviar o contato
edilson j sousa
edilsonmaestro@gmail.com

Ricardo disse...

Boa Tarde .... gostaria de saber se Alguém conhece alguem com o nome de JOSE SEVERINO DA SILVA seus pais são ANTONIO SEVERINO e MARCIONILA MARIA ele e meu vo e minha mae esta procurando ele com muito desejo de reencontra-lo pois nao o ve a muitos anos, toda informaçao que minha mae tem e que ele e de uma familia de pastores da Assembleia de Deus e que ele tbm era pastor em uma igreja da casa amarela ..... hj ele deve ter mais de 70 anos ... não sabemos se esta vivo ou nao .... qualquer noticia confortaria muito se possivel ! MUITO IMPORTANTE

Ricardo Silva disse...

Boa Tarde .... gostaria de saber se Alguém conhece alguem com o nome de JOSE SEVERINO DA SILVA seus pais são ANTONIO SEVERINO e MARCIONILA MARIA ele e meu vo e minha mae esta procurando ele com muito desejo de reencontra-lo pois nao o ve a muitos anos, toda informaçao que minha mae tem e que ele e de uma familia de pastores da Assembleia de Deus e que ele tbm era pastor em uma igreja da casa amarela ..... hj ele deve ter mais de 70 anos ... não sabemos se esta vivo ou nao .... qualquer noticia confortaria muito se possivel !

Related Posts with Thumbnails