sexta-feira, 29 de junho de 2012

Convite 65 anos da Campanha Evangelizadora de Casa Amarela


quinta-feira, 28 de junho de 2012

Costumes da Igreja de outros tempos - parte 1


Existiam alguns costumes bem pitorescos na igreja de nossa cidade que foram desaparecendo ao longo do tempo. Vou citar alguns e se o amado leitor quiser compartilhar suas lembranças ou experiências, pode acrescentar à lista através dos comentários:

Vestir branco no dia da santa ceia. Nos dias de santa ceia em Casa Amarela e em outras congregações da periferia ainda é possível ver uma ou outra irmã das mais antigas na fé perpetuando esse costume. Me lembro que, ainda bem criança (cerca de 8, 9 anos), da antiga galeria do templo, via um verdadeiro mar de irmãs trajando branco nos concorridos dias de santa ceia. Lembrava os dias de batismo no Templo Central. Era como um símbolo de pureza ante o sagrado memorial. Óbvio que a pureza interior é a requerida, mas ela se expandia no exterior e o respeito ao pão e ao cálice eram inigualáveis. Em extremo, havia alguns que passavam o dia em jejum e oração.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Satanás cegou-lhes o entendimento


...Porque o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos... II Cor 4.4

De fato, satanás tem cegado o entendimento do mundo.

Fico pensando que as pessoas costumam rotular os crentes de fanáticos por irem ao templo frequentemente mas não pensam no que fazem ao pintar, vestirem-se e ornamentarem objetos domésticos com as cores de um time de futebol. Rotulam os crentes de loucos, mas o que dizer das expressões e gritos nos estádio de futebol? E do choro convulsivo quando o time perde?

Falam porque nos vestimos adequadamente e acham ridículo usar paletó mas não percebem o rídiculo de se exporem quase nus ou minimamente fantasiados no carnaval, travestidos do sexo oposto e também de animais variados.

Evitam ouvir a Palavra de Deus mas não se incomodam com as músicas deste verão que abertamente abusam de palavrões e obscenidades.

Incomodam-se quando há um culto ao ar livre com duração de mais ou menos duas horas e que geralmente vai das 19 às 21h com um som portátil, mas nem se incomodam com o bate-estacas do som de mala de carro ou do pancadão do trio elétrico horas a fio.

Chamam as autoridades por causa do som dos templos, mas nem se importam se o vizinho coloca o som nas alturas das 6h às 2h do dia seguinte nos quatro dias de carnaval.

As buzinas impacientes se multiplicam quando há um desfile do dia da Bíblia, mas os "apressadinhos" saem dos carros e dançam por 40 minutos enquanto os trios fazem a volta em plena Av Norte às 22:30h da "quarta de cinzas".

Resmungam porque sempre falamos acerca de Jesus. Mas eles, dize o quê e de quem?

Parece não adiantar ir muito além, afinal, lamentavelmente além de cegos, estão surdos.

Texto escrito em 22/02/2012

terça-feira, 26 de junho de 2012

Vai uma Coca-Cola bem gelada?

Conheci um grande maestro, lendário e folclórico. Diziam os mais achegados que, após cada ensaio do seu grupo, sempre tomava coca-cola com seus auxiliares para discutir assuntos musicais. Enquanto sorvia a bebida, dizia: "Deus abençoe quem inventou a Coca-Cola."

De fato, a coca-cola tinha uma grande representação no passado, especialmente durante o auge da guerra fria, como símbolo de modernidade e do economicamente invejável lifestyle americano dos 50's.

É desse período uma piada que somente quem estudou ou entendeu o que foi a guerra fria irá apreciar:

Os russos (vermelhos) se gabavam de serem os primeiros a explorar o espaço e como prova da conquista comunista, pintaram a lua de vermelho. Anos depois vieram os americanos e vendo aquilo, aproveitaram o círculo vermelho e escreveram: "Beba Coca-Cola" (logotipo da época) como prova da superioridade norte-americana.

Ainda hoje, a influência da coca-cola é tão grande e se confunde tanto com a própria imagem dos EUA, que alguns países que resolveram se contrapor a Washington, romperam relações diplomáticas com os Estados Unidos e de imediato proibiram a venda e o consumo de Coca-Cola. Foi o caso de Cuba e até hoje, do Irã.

Ideologias à parte, a coca-cola tem sido alvo de polêmicas cada vez mais frequentes, especialmente por ocultar supostos componentes maléficos em sua fórmula. Supõem-se até que ainda haja cocaína na composição do refrigerante!. Incrível noticiar, mas nos EUA, berço desta poderosa empresa, é proibido vender coca zero!!

A China questionou recentemente a contaminação por cloro, da coca-cola fabricada em certa região do país e hoje, a imprensa noticia que a Inglaterra, seguindo atitude já tomada pelos EUA e outros países do chamado primeiro mundo, exigem redução de componentes do corante caramelo, usado na fórmula, que segundo pesquisas é cancerígeno. Leia mais AQUIApesar disso, o Brasil está entre os maiores consumidores da bebida no mundo. E aqui os percentuais desses componentes químicos em cada litro são altíssimos.


Mais polêmica há nas inúmeras "ligações perigosas" que encontram nas propagandas da marca. Há quem atribua a bebida ao Diabo, com pacto e tudo. E a onda das mensagens subliminares? Bem, é verdade que as propagandas aprovadas pela marca são, por vezes, apelativas...

Enquanto não há maiores e definitivos estudos estudos quanto aos efeitos da coca-cola, ela segue suprema na preferência do brasileiro.

E você, o que acha da coca-cola?

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Hoje tem vigília de oração

Como parte das programações de 65 anos da Campanha Evangelizadora da AD em Casa Amarela, acontecerá a partir das 22h de hoje, mais uma vigília, a última das quatro progamadas até a festa.

Aviso aos incautos: Não teremos cantores famosos, não se cantará a noite toda, não haverá cafezinho com sanduíche ou bolo, não teremos uma banda com som nas alturas, não se verá rodopios, saltos, danças nem palmas ou reteté. É uma vigília de oração, com cânticos, testemunhos e a ministração da Palavra de Deus até as 5h da manhã. 

Apesar do que foi dito, chegue cedo para pegar lugar!

Como de outras vezes, com certeza sentiremos bem de perto a presença do Senhor, perceberemos o derramar do poder de Deus, veremos Jesus batizar com o Santo Espírito e seremos renovados e edificados .


Todos estão convidados!

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Quando as notícias não são boas

A notícia veio tão rápida quanto os exércitos que se aproximavam vindos dalém do mar e da Síria (II Cron 20.2). Uma grande multidão reunida de pelo menos três povos para pelejar contra Israel. As notícias não eram boas. Josafá temeu e tanto ele quanto todo Judá se reuniram para pedir socorro ao Senhor (II Cron 20.3).

O mensageiro chegou depressa: "os sabeus roubaram todo o teu gado e mataram teus servos à espada. Só eu fiquei para trazer a notícia". Mal terminara de falar, chegou outra infeliz novidade: "o fogo de Deus caiu do céu e consumiu tuas ovelhas e teus servos". Outro chega correndo antes que seu antecessor termine o relato e dispara: "os caldeus se dividiram em grupos e roubaram teus camelos". O atordoado Jó ainda estava por compreender as mensagens quando outro mensageiro chega e diz: "um vento forte do deserto derrubou a casa onde teus filhos estavam reunidos. Todos morreram" (Jó 1:13-19). As notícias não eram boas mas a Bíblia diz que a reação de Jó foi rasgar suas vestes, raspar a cabeça, prostrar-se e adorar a Deus (Jó 1:20).

As notícias não eram animadoras. Uma multidão saída do Egito para um lugar indeterminado, atravessando desertos e vales escabrosos de repente se vê diante de um grande mar. E agora, para onde ir? Pior que isso, todo o Israel vê em seu encalço o próprio Faraó se aproximando à frente de um grande exército praticamente encurralando-os (Ex 14.10). Parecia não haver saída, mas a Bíblia diz que naquele instante, todo o povo, aterrorizado, clamou ao Senhor.

As premissas não eram boas quando os discípulos se viram na obrigação de alimentar uma multidão de mais de cinco mil homens (fora mulheres e crianças), isto num local ermo e já ao anoitecer. Nem duzentos dinheiros poderiam comprar tanto pão e mesmo, onde comprar? A única provisão era o lanche de um precavido rapaz (Jo 6.9). Mas o que era cinco pães e dois peixinhos para aquela multidão? Os discípulos levaram as notícias a Jesus. Nas mãos do Mestre, o parco lanche seria não o muito, mas o tudo.

As notícias não eram boas para Paulo e Silas na prisão em Filipos; As notícias não eram boas quando Jesus concluiu a celebração da Páscoa e instituiu a Santa Ceia; As notícias eram péssimas quando a mulher sunamita procurou o profeta Elizeu acerca de seu filho querido, único filho por sinal. As notícias eram as piores possíveis para os judeus e para Ester depois do decreto real lavrado por influência do  ardiloso Hamã. Notícias ruins para Daniel diante da impossível tarefa de contar o sonho que só rei tivera e ainda dar a interpretação sob pena de, esgotado o tempo determinado, todos serem mortos.

Bem, a lista não se terminaria tão rápido. São muitos os casos registrado na Bíblia em que notícias não tão alvissareiras surpreenderam os servos do Senhor. Não foram provocadas pelos homens de Deus mas chegaram inesperadamente, alguma vezes até quando estavam obedecendo plenamente à ordenanças divinas.

Me atrai o fato de que em todos esses casos citados, a primeira providências foi buscar ao Senhor. Orar, clamar ao céu. Ouvir o que Deus tinha a dizer a respeito das notícias.

Se há a confiança de que Deus está no controle de tudo (e Ele tem o controle de tudo), precisamos também confiar que Ele tem a melhor saída, em alguns casos a única saída. Ele está acima das circunstâncias, das situações, das intepéries. Seus caminhos são mais altos e seus pensamentos são mais elevados que os nossos (Is 55.9). Suas ferramentas e estratégias são inigualavelmente melhores e mais surpreendentes que o que possamos imaginar.

Se as notícias não são boas, consulte primeiro ao Senhor.

Em segundo lugar, vejo que na maior parte das circunstâncias citadas, e/ou apesar delas, a adoração e o louvor a Deus foram armas poderosas, tanto como expressão de fé no Deus que muda as situações e que vai à frente de seu povo, como em agradecimento pelos seus feitos gloriososos e até em reconhecimento de que Ele toma nossas história em suas mãos e sabe o que faz com o barro que somos, portanto, mesmo as notícias não muito boas podem ser parte do seu sábio agir. Deus tem seu caminho também no meio da tormenta (Naum 1.3).

Foi assim com Josafá, que depois de receber de Deus a mensagem tranquilizadora da vitória certa (nesta peleja não tereis de pelejar...), aconselhou-se com o povo e colocou cantores na frente do exército. Louvaram antes da vitória. Jó adorou ao Senhor em meio à tragédia que acabara de ser noticiada: O Senhor deu, o Senhor tirou, bendito seja o nome do Senhor!. Paulo e Silas oravam e cantavam enquanto as novidades eram más (At 16.25). Jesus cantou um hino mesmo prestes a ser traído, preso e crucificado (Mt 26.30). Daniel louvou ao Deus do céu que revela todos os segredos (Dn 2.19). Jesus deu graças pelos cinco pães e dois peixinhos antes do milagre. Israel louvou ao Senhor após a travessia do mar. Diante das notícias ruins, quem já se pegou louvando a Deus e cantando? talvez o contrário seja mais comum.

Se as notícias não são boas, experimente fazer o inesperado: Louve e adore a Deus

Creio que Deus age de variadas formas, mas as lições que tiramos de casos assim são as já ratificadas na Bíblia.  Os resultados foram manifestos em resposta à confiança depositada no Todo Poderoso.

Diante de notícias não tão boas, busque orientação do Senhor. Glorifique a Ele. Confie Nele e aguarde o agir Dele em seu favor.

"Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas vides; ainda que falhe o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado, todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação."
Habacuque 3.17,18

terça-feira, 19 de junho de 2012

Programação 74º aniversário do Coral da AD em Casa Amarela

Coral de Casa Amarela na 55ª EBO Templo Central Recife - 19/10/2011
Neste final de semana (22-24/06) teremos cultos diferenciados referentes ao 74 º aniversário do Coral da AD em Casa Amarela.  

Parte do Coro em instantâneo do 72º Aniversário - 27/06/2010
Presença de vários corais convidados vindos de diversas congregações do Grande Recife e pregadores especialmente escalados pelo Pr Ailton Alves para ministrarem a Palavra de Deus. 


Coral de Casa Amarela na 53ª EBO Templo Central Recife - 21/10/2009
Você também está convidado a louvar a Deus e se alegrar conosco! Ore, participe, divulgue.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Ao pé da letra

Imagem Facebook

Pernil gospel



Domingo à tarde ouvia-se um "cantor" entoando suas composições ao som de playback. Uma delas dizia:

"Volta ó ovelha para o redil
Sou o Bom Pastor, vou te curar
Eles querem fazer você de pernil
Pra sua fome saciar"

Sinceramente, é uma pérola. Tudo bem que no Salmo 124.3 Davi diz que se o Senhor não livrasse a Israel, os seus inimigos os teriam devorado vivos, mas virar pernil... nem com toda a licença poética.

.

sábado, 9 de junho de 2012

10 de junho - Dia do Pastor


Pr José Leôncio da Silva - 10 anos de sua partida para o Lar Celestial


Ontem fez 10 anos que o Senhor tomou para si o Pr José Leôncio da Silva (Pr Lucas). Foi sepultado em 09/06/2002.

Tive o privilégio de ser batizado aos 13 anos de idade por esse amado pastor e guardo muitas lembranças de algumas ocasiões onde nos encontramos, de saudações e palavras que ouví. Popular e sempre atencioso, tinha grande consideração por meu pai, maestro Osvaldo Araujo, a quem viu menino, especialmente por conta de ter convivido com meu avô, João Vieira de Araujo, fundador e regente dos primeiros corais da AD de Pernambuco.

Gostava muito de música coral e cantou por 17 anos no coral da AD em Cavaleiro (Jaboatão dos Guararapes) de onde saiu, já presbítero, para dedicar-se totalmente ao ministério da Palavra. Ele contou algumas vezes no TC e em Casa Amarela, que pedia liberação ao regente do Coral (João Correia) para ir ouvir o coral da Matriz (Encruzilhada) com seus solistas e acompanhantes.

Pr Leôncio tinha um inigualável modo de fazer o apelo após a mensagem. Era sua marca registrada. E muitas vidas chegaram à Cristo atendendo o convite daquele sorriso largo, expressão paternal e braços erguidos chamando vidas: "Venha meu filho, venha! Jesus é bom!"

 Pr Leôncio tinha um grande desejo de fazer da Igreja em Recife, uma igreja missionária - certamente dando continuidade à visão do Pr José Amaro, a quem sucedeu na presidência da Igreja - e foi em sua gestão que enviamos o primeiro missionário, Pr Ailton José Alves, hoje nosso pastor presidente, para a Argentina.

Ouça uma saudação do Pr Leôncio na primeira faixa do disco "Vejo Minha Terra Canaã", gravado no início dos anos 80 pelo Coral da AD em Cavaleiro, à época regido pelo saudoso Euclides Ferreira:

           

Saiba um pouco mais sobre o Pr Leôncio:


"E sucedeu que, terminados os dias de seu ministério, voltou para sua casa"
Lucas 1.23 

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Círculo de Oração Jovem em Casa Amarela-Um feriado avivado

Graças a Deus, ontem à tarde tive a oportunidade de participar de mais um Círculo de Oração Jovem na AD em Casa Amarela, evento realizado durante todo o dia nos mesmos moldes do tradicional círculo de oração, dirigido integralmente por jovens.

Era meio-feriado, já que o comércio abriu normalmente, mas a congregação estava cheia de jovens e adolescentes. Cheguei às 14:00h e a graça de Deus pairava no ar. A congregação acabava de levantar-se do período de oração que foi das 12h à 14h, mas permanecí algum tempo de joelhos. Uma adolescente conduziu o canto congregacional acompanhada pelos músicos e antes de cantar o hino 17 da Harpa Cristã, trouxe uma breve e substanciosa palavra sobre as escolhas de um jovem num ensolarado feriado: As horas que passamos pensando e buscando a Jesus são de fato, incomparáveis. Muita alegria do céu e fervor contagiante deram o tom daquele momento. Glórias a Deus.

Um grupo do Grande Coral do Pré-Congresso da Área 31, a Famíla Santos e a jovem cantora Flávia Cristine dentre outros, também foram usados por Deus através da música. Muitos visitantes de diversos locais. Que trabalho avivado. Sentimos a presença do Senhor bem de perto! Muitas lágrimas e real poder que nos renovaram as forças para continuar a caminhada.
 
Os afiados jovens deram testemunhos edificantes, falaram mensagens curtas e poderosas e depois a Palavra foi ministrada também por um jovem, que escolheu o texto de Hebreus 11.23-29. Não por acaso foi o ganhador várias vezes dos vestibulares bíblicos aqui realizados. Como nos demais que dirigiram, anteví seu futuro, se assim permanecerem firmes.

Fiquei muito feliz por vê-los conduzirem com desenvoltura o trabalho, em nada devendo aos obreiros adultos. Rapazes e moças devidamente paramentados, até pareciam com os nossos ministros e com as dirigentes de círculo de oração, não só no exterior mas principalmente no conteúdo.

Agradecí ao Senhor por aquela tarde e por saber que nossos jovens e adolescentes estão sendo guiados tão sabiamente por nossos pastores. Parabéns ao Pr presidente Pr Ailton Alves e parabéns ao Pr Evandro Apolinário (coordenador da Área 31) pela iniciativa.

Não há dúvida. Não é louvorzão, show, sociais e outras vanidades. O segredo de termos tantos jovens firmes em nossa igreja não é outro senão oração e Palavra, Palavra e oração.

Nestes últimos dias vemos uma onda forte contra os valores cristãos. Os jovens estão sendo praticamente empurrados para as drogas, a promiscuidade, imoralidade, torpeza, para a violência. A mídia, o currículo das escolas e faculdades, a sociedade como um todo tem apontado aos jovens um caminho perigosamente liberal cujo final é trágico. A pressão é grande e é preciso estar firmado na Rocha para não cair.

Que o Senhor abençoe e guarde a juventude de nossas igrejas e que outros eventos assim aconteçam para a glória de Deus.
Related Posts with Thumbnails