segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Voce sabe fazer nó de gravata?

Para quem usa terno todos os dias, a gravata é a forma de variar o visual na corporação. O acessório serve para transparecer emoções e diferenciar momentos importantes da carreira.
A largura pode variar, mas a consultora de imagem Marcele Goes avisa que "as muito largas estão fora de moda e as muito finas podem ser informais demais para o ambiente de trabalho".
A altura é uma só: o meio da fivela do cinto.
Em momentos de estresse, quando a gravata apertar, Goes aconselha a tirar o acessório. "Deixá-la afrouxada no pescoço é muito ruim para a imagem da pessoa, é melhor ficar sem", diz.
À convite da reportagem, a consultora foi à loja Woodlouse, em São Paulo, para indicar o modelo ideal para usar na empresa.



Fonte: FOLHA

domingo, 28 de agosto de 2011

O Viaduto do Toloblum

Quem passa pela Av Pan Nordestina indo ou voltando de Olinda via PE 15, logo descobre que há um novo ponto turístico: o Viaduto do Complexo de Salgadinho, recem liberado ao trânsito depois de 3 anos de obras, ou melhor, o "Viaduto do Toloblum".
Concepção artística do viaduto quando concluídas as obras
A obra se arrasta entre polêmicas que envolveram até o IPHAN por afirmar que o tal viaduto esconderia as centenárias igrejas dos montes olindenses.

O caso é que o empreendimento não é nenhum primor de engenharia. Como as estruturas que compoem a obra não ficaram bem encaixadas, temos emendas desniveladas que fazem "toblum" quando os veículos passam. São13 "tobluns" ou "tolobluns" no sentido Recife-Olinda e 14 no sentido Olinda-Recife.

sábado, 27 de agosto de 2011

Cientistas descobre planeta formado inteirinho por diamantes!

Um brilho no céu chamou a atenção dos astrônomos, que documentaram o que acreditam ser o primeiro pequeno planeta feito de diamantes, a cerca de 4.000 anos-luz de distância da Terra, de acordo com um estudo publicado nesta quinta-feira. Imagem: AFP PhotoUm brilho no céu chamou a atenção dos astrônomos, que documentaram o que acreditam ser o primeiro pequeno planeta feito de diamantes, a cerca de 4.000 anos-luz de distância da Terra, de acordo com um estudo publicado nesta quinta-feira.

A descoberta dessa pequena jóia, com grande velocidade de rotação e que possui mais massa do que o gigante gasoso Júpiter, foi feita por uma equipe internacional de pesquisadores que publicaram seus achados na revista Science.

O planeta de diamante já foi uma estrela maior, mas agora é uma anã branca, já que perdeu a maior parte de sua matéria o pulsar, uma pequena estrela de nêutron de cerca de 20 km de diâmetro, que a orbita.

Uma anã branca é o que resta depois que uma estrela como o Sol esgota a maior parte de sua energia, enquanto um pulsar é uma estrela de nêutrons com um intenso campo magnético que envia pulsos de alta radiação que aparecem como se fossem luzes piscando.

Acredita-se que o planeta tenha cerca de 60 mil km de diâmetro, ou cerca de cinco vezes o diâmetro da Terra, e orbita o pulsar a cada duas horas e 10 minutos.

"Este remanescente deve ser em grande parte de carbono e oxigênio, porque uma estrela feita de elementos mais leves, como hidrogênio e hélio, seria grande demais para caber nos tempos de órbita medidos", explicou o pesquisador Michael Keith.

Os astrônomos detectaram o estranho casal com o radiotelescópio Parkes, do Australian Commonwealth Scientific and Industrial Research Organization (CSIRO).

Da AFP Paris - Imagem: AFP Photo
Publicado no Diário de Pernambuco

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Democrata ou Republicano?

Interessante é que essa frase data de 55 a.C., ou seja há 2066 anos! Muito atual.
"O orçamento público deve ser equilibrado. As Dívidas Públicas devem ser reduzidas, a arrogância das autoridades deve ser moderada e controlada. Os pagamentos a governos devem ser reduzidos, se a nação não quiser ir à falência. As pessoas devem novamente aprender a trabalhar em vez de viver por conta pública."

Revista Época (Ed Globo) entrevista o Pr. Silas Malafaia


FrutikoGospel.com
ÉPOCA – O senhor é pastor da Assembleia de Deus, mas, diferentemente de outros líderes evangélicos, é muito ouvido por fiéis de outras denominações. Qual é a diferença?

Silas Malafaia – Estou na TV há 29 anos ininterruptos e nunca fiz programas para a Assembleia de Deus. Então, o pessoal me codifica como um pregador. Faço um programa interdenominacional. Sempre trabalhei como uma voz apologética em defesa da fé. Por causa disso, acabei conquistando espaço entre outros segmentos. Hoje, existem quatro pastores em rede nacional: Edir Macedo, da Universal, R.R. Soares, da Internacional da Graça, Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, e eu. Sou o único que sempre fiz programa para todo mundo. Não porque sou bom. É porque não tem espaço, amigo.

ÉPOCA – As igrejas evangélicas ainda têm uma imagem muito estigmatizada entre os não evangélicos. Por que, em sua opinião?

Malafaia – Isso mudou muito, irmão. Hoje, essa história de imagem estigmatizada é cafezinho. Antigamente, nego só botava coisa ruim sobre os evangélicos na televisão, nos jornais. Era só cacete em cima de pastor. Agora tem jogador de futebol evangélico, artista...

ÉPOCA – O senhor acha que alguns líderes evangélicos ajudaram a criar essa imagem estigmatizada?

Malafaia – É aquela história de perdas e ganhos que todo segmento social sofre. Algumas atitudes fizeram a gente perder, outras fizeram ganhar. Tome o exemplo da Universal e do Edir Macedo. Ele ajudou em algumas coisas e prejudicou em outras. Ele é um cara que fez a igreja evangélica despertar para um evangelismo ousado, igreja aberta o tempo todo. Antes, as igrejas evangélicas abriam duas vezes por semana à noite. O Macedo é que arrebentou com isso, entende? O lado ruim da coisa é o sincretismo.

ÉPOCA – Qual é sua relação com o bispo Edir Macedo?

Malafaia – A Bíblia tem um texto que diz assim: “Poderão andar dois juntos se não estiverem de acordo?”. Eu já ajudei o Macedo quando ele foi preso, mas eles são separatistas, só veem o lado deles. Então, não me presto a andar com uma pessoa que só quer andar com mão única para ela. Sou a favor de mão dupla: para lá e para cá, entende? O Macedo está isolado, todo mundo sabe. Eles só são evangélicos para os outros quando estão com dor de barriga, quando o pau está quebrando em cima deles ou então por interesse político. A comunidade evangélica está madura e não se presta mais a isso.

ÉPOCA – Nos bastidores, circulou a notícia de que o senhor estaria apoiando o PSD, o partido que o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, quer construir. Procede?

Malafaia – Amigo, não apoio partido nenhum. Apoio pessoas. Meu irmão (o deputado estadual Samuel Malafaia, do PR-RJ) está querendo ir para lá (o PSD), mas isso é problema dele.

ÉPOCA – Qual é sua opinião sobre Kassab?

Malafaia – Nada a falar contra ele.

ÉPOCA – Mas, no passado, o senhor já se desentendeu com ele...

Malafaia – Eu o critiquei quando ele fechou uma igreja evangélica do apóstolo Valdemiro Santiago. Ser amigo ou respeitar alguém não significa ser capacho ou concordar com tudo o que essa pessoa faça.

ÉPOCA – Na eleição presidencial do ano passado, o senhor apoiou Marina Silva no início. Ainda no primeiro turno, passou a pedir voto para o José Serra. Por que mudou de lado?

Malafaia – Pior do que um ímpio é um cristão que dissimula. A Marina, membro da Assembleia de Deus, sabe que, como uma pessoa de fé, não pode negociar sobre questões de aborto nem de homossexualismo. Ela era contra o aborto, mas por que dizia que faria um plebiscito? Ela quis dar de bacana, jogar para a galera, e eu falei não. Qualquer um podia fazer aquilo, menos ela, por suas convicções de fé.

ÉPOCA – Por que o José Serra?

Malafaia – Acredito que tinha de me posicionar. Naquele momento, o Serra era o mais adequado para isso. Ele mantinha uma posição firme sobre aborto, que foi o grande debate da campanha desde lá atrás. A Dilma dissimulou a história. Ela se posicionou a favor do aborto para a revista Marie Claire, depois mudou o discurso. O único que se coadunava com meus valores e crenças era o Serra.

ÉPOCA – Em sua opinião, o debate de questões religiosas deverá se repetir nas próximas disputas eleitorais?

Malafaia – É lógico. Amigo, hoje em dia governante vai ter de dizer em que princípios acredita. Vai ter de botar a cara, porque a comunidade evangélica está bem esperta, madura. Não vai dar para ficar em cima do muro. Não queremos que nenhum político tenha a ideia de que lutamos por uma República evangélica e que, por isso, ele tem de abraçar nossos princípios e mandar todo o mundo às favas. Não estou dizendo também que o cara, para ter apoio dos evangélicos, tem de odiar os homossexuais. Não é radicalismo imbecil e idiota. Se um governante apoiar leis que privilegiam homossexuais em detrimento da sociedade, vamos cair em cima. Hoje, sou a maior barreira que existe para aprovarem a lei que criminaliza a homofobia. E, se abrir a boca para dizer que apoia o aborto, vai ficar feio também.

ÉPOCA – O que é, em sua opinião, a homossexualidade?

Malafaia – O homossexualismo é comportamental. Uma pessoa é homem ou mulher por determinação genética, e homossexual por preferência apreendida ou imposta. É um comportamento. Ninguém nasce homossexual. Não existe ordem cromossômica homossexual, não existem genes homossexuais. O cromossomo de um homem hétero e de um homem homossexual é a mesma coisa. O resto é falácia, é blá-blá-blá. Só existe macho e fêmea, meu amigo.

ÉPOCA – Por que o comportamento homossexual se desenvolve?

Malafaia – A Bíblia diz que, aos homens que não se importaram em ter conhecimento de Deus, Ele os entregou um sentimento perverso para fazerem coisas que não convêm. Do ponto de vista comportamental, é promiscuidade mesmo, meu amigo. O ser humano quer quebrar todos os limites. Quanto mais ele quebra limites, mais insaciável se torna. Ninguém nasce homossexual. É a promiscuidade do ser humano.

ÉPOCA – É possível alguém deixar de ser homossexual?

Malafaia – Nossa igreja está cheia de gente que era homossexual. O cara não nasceu (homossexual). Se não nasceu, amigo... Ninguém nasce homossexual. É uma opção, por uma série de elementos: ou porque foi violentado, ou porque escolheu por modelo de imitação. O ser humano vive por modelo de imitação.

ÉPOCA – E como se dá essa reversão?

Malafaia – Meu filho, essa reversão é o cara voltar a ser macho e a mulher voltar a ser fêmea. Dar forças para o cara vencer isso. Acredito no poder do Evangelho para transformar qualquer pessoa, inclusive homossexuais.

ÉPOCA – Qual é sua opinião sobre os casos de violência contra homossexuais?

Malafaia – Vou te dar alguns numerozinhos para a gente poder desfazer essa conversinha fiada para boi dormir. Os números é que vão dizer: no ano passado, 50 mil pessoas foram assassinadas no Brasil, e 260 eram homossexuais. Que índice é esse para dizer que o Brasil é um país homofóbico? Outro número: mais de 300 mulheres foram assassinadas por violência doméstica em 2010, mas ninguém fala nada. Mais de 100 crianças são assassinadas ou violentamente espancadas por dia, e ninguém fala nada. Sabe por quê? É porque por trás das editorias dos jornais, da televisão existe uma bicharada desgramada que dá toda essa ênfase para eles. Não quero que ninguém morra, amigo, mas o índice (de mortes de homossexuais) é insignificante para a violência que acontece no Brasil. Então, esse é um apelo de propaganda para eles (gays) poderem ter benefícios em detrimento do conjunto da coletividade social. Essa daí é velha, e eu não sou otário. Sei pesquisar os números, e a imprensa não dá os números. Tem mais heterossexual que homossexual sendo assassinado. Você sabe o que é homofobia para os homossexuais? Olhar com cara feia para um gay é homofobia. Não concordar com a prática deles é homofobia. Uma coisa é criticar a conduta, outra é discriminar pessoas. Tudo para eles é homofobia. Essa é a malandragem deles, e eu não caio nessa.

ÉPOCA – Os ativistas homossexuais são heterofóbicos?

Malafaia – Acho que eles são uns malandros que ganham verba dos governos federal, estadual e municipal para fazer esse papel. São uns malandros oportunistas faturando em cima da grana que as ONGs deles recebem. Essa é a verdade nua e crua. Não é pouca grana, não. E ninguém fala disso. Os ativistas homossexuais são pagos para esse serviço podre que fazem de chamar todo mundo de homofóbico.

ÉPOCA – O que fazer com o comportamento homossexual?

Malafaia – O comportamento homossexual é um direito que a pessoa tem. O direito de ser é guardado pela Constituição, pelo livre-arbítrio. Não quero que ninguém seja eliminado. Critica-se presidente da República, critica-se pastor, padre, deputado, mas não pode criticar uma prática? Em hipótese alguma. Querer eliminar homossexual é homofobia. Não quero isso. Quero discutir com um homossexual e poder dizer que sou contra a prática dele, assim como os gays podem me dizer que são contra a prática dos evangélicos. Isso é democracia.

ÉPOCA – O que o senhor acha das críticas feitas ao deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) (político contrário às leis que criminalizam a homofobia)?

Malafaia – Você vai ver o Jair Bolsonaro nas póximas eleições. Ele vai ter três ou quatro vezes mais votos que recebeu na eleição passada. A sociedade brasileira é conservadora, 90% da população é cristã. Desses 90%, os evangélicos e católicos praticantes são 70%. Nós somos maioria absoluta neste país, amigo. Pergunto: qual é o deputado gay que teve uma votação expressiva? Esse Jean Wyllys (deputado federal do PSOL-RJ) entrou na sobra de legenda, com 13 mil votos, pendurado num cara (o deputado Chico Alencar, do PSOL, segundo mais votado do Estado). É o mais famoso dos gays e não tem voto, não tem porcaria nenhuma.

ÉPOCA – Como o senhor reagiria se um de seus filhos ou netos dissesse que é gay?

Malafaia – Vou melhorar tua pergunta, aprofundá-la. Se algum filho meu fosse assassino, se algum neto meu fosse traficante, se algum filho meu fosse um serial killer e tivesse esquartejado 50, continuaria o amando da mesma forma, mas reprovando sua conduta. Meu amor por uma pessoa não significa que apoio o que ela faz. Daria o Evangelho para ele, diria que Jesus transforma, que ele não nasceu assim, que é uma opção dele.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Canal 23


Imagem: http://julysilver.blogspot.com
1.O Televisor é o meu pastor e tudo me faltará, inclusive o meu crescimento espiritual.
2.Deitar-me ele faz nos pastos mundanos, para levantar-me vazio das coisas de Deus. Guia-me sutilmente às águas turbulentas da corrupção, até que eu pereça.
3.Abrasa a minha alma, guiando-me pelas veredas da injustiça, tomando-me o tempo que eu deveria dar a Deus, fazendo-me abandonar meus deveres de crente; porque tenho que assistir minhas novelas, jogos e programas prediletos por amor do meu televisor.
4.Ainda que eu ande pela sombra da morte, continuarei assistindo o meu televisor enquanto ele funcionar, sem nada temer, porque ele é o meu companheiro mais achegado. suas músicas e sua imagem me consolam, pois ele renova meus conhecimentos sobre as coisas do mundo, não me deixa estudar a Palavra de Deus e faz com que eu falte aos cultos ou os assista pela metade.
5.Prepara-me uma mesa na presença dos meus inimigos e me faz derrotado, pois o meu televisor oferece muita distração, trazendo o mundo para dentro de casa, tirando minha visão espiritual e de minha família. Ele enche minha cabeça de tal maneira que o meu cálice de ilusões deste mundo transborda, e eu estou sempre a falar dos seus programas. Falo tanto que Palavra de Deus não tem mais lugar na minha vida, na minha família, em minha casa.
6.Certamente que o mal e a miséria me seguirão todos os dias da minha vida, porque o meu televisor me faz contrariar a vontade de Deus. Assim, não poderei ter o prazer de pensar que habitarei no lar celestial para todo o sempre, onde não existe televisor.

Existem muitas versões deste tema. Uma ótima está publicada no blog do Israel. Outra, publicada no Jornal Batista de maio/1999 pode ser lida no reflexão bíblica. O texto escolhido foi publicado no Lifenews de fev/1999.
Obviamente, não se está falando do aparelho, mas do conteúdo, da programação e, especialmente, da preferência do telespectador, isto porque já existe a opção de variados canais onde a Palavra de Deus é anunciada além de outras programações realmente interessantes. A dura realidade porém, é a de que a esmagadora maioria dos programas e canais está abarrotada do que não presta, sob todos os ângulos;
Esse meio de comunicação que tem o poder de massificar jeitos e trejeitos, formar e transformar opiniões e comportamentos, tem sido elevada à condição de comandante de alguns lares, verdadeira responsável pela educação, onde é a babá, a ditadora da moda, modos, costumes etc. Crianças estão crescendo com a percepção deformada, afetadas intensamente e em alguns casos, irremediavelmente, por esse agente. Tudo o que é anormal pode se tornar normal e aceitável sob a infuencia colorida da programação de tv.
Como uma droga, ela prende, vicia, detêm. Há crentes que chegam tarde aos cultos ou não vão ao templo para não perder o capítulo da novela ou a sessão de filmes. Trocam momentos com o Senhor por momentos com a tv.
Livre-se desta tirania. Tenha discernimento e escolha o que é bom. Aprenda a desligar a TV quando não houver opção saudável a assistir; controle o controle remoto e não permita o contrário. Ouça seus filhos, converse com seu cônjuge, faça o culto doméstico, leia a Bíblia, ore, saia com a família; Enfim, perceba que a tv não é a razão de você estar em casa.

Diz o Senhor: "Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura. Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá;" Is 55.2,3

terça-feira, 23 de agosto de 2011

CD Está Vivo - Flávia Cristine

Está Vivo! é um belíssimo e inspirativo trabalho marcado pelo agradável timbre de Flávia Cristine, Flavinha como nós a conhecemos.

Ativa nos trabalhos da congregação da AD em Casa Amarela, igreja presidida pelo Pr Ailton José Alves, onde seus dotes de cantora foram se revelando desde os 8 anos quando solava no conjunto infantil, sua linda voz tem sido dedicada ao louvor de Deus.

Vencedora do I Congospel em 2009, este jovem talento não somente canta mas prega também - muito bem por sinal -  e participa ativamente das reuniões de oração e consagração, liderando algumas delas. 

No encerramento do 29º Congresso de Jovens da AD Recife, ela foi a portadora da poderosa mensagem no culto introdutório. Uma benção.

Todas as músicas são muito bonitas e arranjadas na medida, com uma levada bem jovem e ótimas performances instrumentais. Difícil destacar, mas eu cito "Devoção" (faixa 3). É tocante, sincera e expressa muito de nosso sentimento de gratidão, louvor e adoração ao Todo Poderoso. Linda! Por sinal, é composição da própria Flávia juntamente com a faixa título do CD "Vivo está", música que está sendo bem trabalhada; 

"Escolho ser" (faixa 6), de Walcon Régis (que também participa tocando e cantando) e  "Por tua graça" (faixa 10) de Ernani Junior são canções muito, muito bonitas. "Meu coração" (faixa 8) e "Viverei" (faixa 9) são ótimas surpresas!

Ah, e vem com play back de algumas músicas como bônus.

Recomendo!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A teoria da diversão - será que funciona?

video

Patrocinada pela Volkswagen, usuários da internet participaram de um concurso realizado em 2009 para exemplificar um movimento chamado "The Fun Theory" (http://thefuntheory.com/). O primeiro lugar foi a criativa ação montada no metrô de Estocolmo (Suécia): uma escada piano  .

O movimento "The Fun Theory" busca comprovar a mudança de comportamento das pessoas diante de opções inusitadas e, como o sugere o título, divertidas.

Não sei ainda se isso se classifica como nova motivação ou como estímulo à própria motivação que cada um tem (às vezes tão adomercida...), mas de qualquer modo é uma comprovação de que a zona de conforto pode ser ultrapassada desde que o novo traga satisfação mesmo que com maior esforço - como é o caso acima onde as pessoas trocaram a escada rolante pela tradicional. Somente para ouvir o som (e criar música)  66% das pessoas resolveu mudar o caminho tradicional.

Leia um pouco mais AQUI (em português) e assista outros vídeos participantes no site http://thefuntheory.com/.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Oficina de Regência Coral com Dr Eduardo Lakschevitz em Recife/PE


Oficina FENACE 2011 - Sábado 10 de setembro 2011


Eduardo Lakschevitz é Doutor em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Mestre em Regência Coral pela Universidade de Missouri-Kansas City (EUA), na classe do Dr. Eph Ehly, onde foi premiado com o Graduate Achievement Award. É chefe do Departamento de Composição e Regência da UNIRIO, onde leciona a cadeira de História da Música. É regente do Coro da TV Globo. Nos últimos anos dirigiu também os coros do SEBRAE/RJ, da CNSEG e o Coro KOLINA.


Das 8h às 10h - O Uso da Voz Cantada
Fga. Sandra Carmo
Fga. Karine Dutra
Das 10h às 12h - Técnicas de Regência Coral
Profº Dr. Eduardo Lakschevitz
Intervalo Almoço
Das 14h às 17h - Ensaio com o Coro Canto Livre (I.B.Emanuel)  e convidados, e Oficina Ensaio Aberto.
A inscrição será R$ 20,00 (inclui material didático, almoço e certificado) e será efetivada através de depósito:
Banco do Brasil
Agência: 1833-3
Conta Corrente: 11803-6
Associação Brasileira de Canto Coral
LOCAL: Igreja Batista Emanuel- Rua Maria Carolina, 500 Boa viagem Recife/PE

VAGAS LIMITADAS

Incrições: Abcantocoral

domingo, 14 de agosto de 2011

Assembleia de Deus e Senac promovem curso de Inclusão Digital para adolescentes em comunidades carentes

Adolescentes com idades a partir de14 anos, moradores de comunidades carentes do Recife e Região Metropolitana vão participar de um curso gratuito de inclusão digital, com iniciação à informática. Pais e outros familiares dos jovens também terão a oportunidade de aprender a lidar com o computador.
A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Fundação AIO de Educação e Assistência Social, criada e mantida pela Assembléia de Deus de Pernambuco e o SENAC-PE.
A aula inaugural do projeto acontece na próxima segunda-feira, dia 15/08, no auditório térreo do Templo Central da AD, na esquina da Av. Cruz Cabugá com a Av. Mário Melo. Além dos alunos inscritos, estarão presentes representantes da Fundação AIO e do SENAC-PE.
O curso terá oitenta participantes. Vinte de cada uma das quatro unidades do Centro de Desenvolvimento Vida, em funcionamento nas comunidades de Santo Amaro, Ilha de Deus e Mustardinha, no Recife e Aguazinha, em Olinda. Os jovens beneficiados já fazem parte do Projeto Samuel, criado há 13 anos, numa iniciativa que prevê educação complementar para crianças e adolescentes de 3 a 18 anos em oito centros de apoio: Santo Amaro, Mustardinha, Nova Descoberta, Ibura, e Ilha de Deus, no Recife; Aguazinha e Ponte Preta, em Olinda, além de Pirapama no Cabo de Santo Agostinho.
As ações são voltadas para crianças e adolescentes que vivem em áreas de risco e condições de vulnerabilidade social, alguns filhos de mães ou pais viciados. Em todos os centros, os meninos e meninas recebem três refeições diárias e participam de diversas atividades como música, aulas de informática, coral, reforço escolar, oficinas de leitura e educação religiosa. A parceria com o SENAC/PE abre novas perspectivas de inserção no mercado de trabalho para estes jovens e familiares que sonham com uma realidade diferente da que vivenciam. Eles serão capacitados por professores do SENAC nos laboratórios de informática dos Centros de Desenvolvimento, dentro da própria comunidade.

Fonte: RBC Notícias

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Terra, ó terra, ouve a palavra do Senhor - Testemunho

Há casos tão fantásticos que só mesmo sendo crente em Cristo para confirmar que o nosso Deus trabalha de forma variada para estabelecer o seu soberano propósito. Quando se conhece a voz de Deus  obedecendo-a incondicionalmente, pode-se experimentar o extraordinário.



O irmão Abdias - um homem muito humilde e sem bom vocabulário mas cheio da graça de Deus e do conhecimento da Palavra - dirigiu o culto do dia 25/04/1999 na AD em Casa Amarela, onde eu também estava cultuando, e contou-nos algumas preciosidades dentre as quais esta inusitada história:


“Numa tarde destas, o ano passado, eu estava com muita vontade de pregar e então ‘dishe’ a Jesus:

- Pra onde eu vou meu Deus?

O Senhor me 'dishe': -Saia!

Botei a Bíblia debaixo do braço e saí. Fui sendo guiado até a BR. Atravessei a pista e fui até a Mata de Dois Irmãos e me 'embrenhei' por lá. Andei um pouco e o Senhor me ‘dishe’:

- Pregue!

Aí eu parei e 'dishe':

- Pregar pra quem Senhor? Pras árvores e pros passarinhos? Não tem ninguém aqui...

- Pregue!

Aí eu comecei a pregar. Abrí a Bíblia em Jeremias 22.29 e lí bem alto:

-Terra, ó terra, ouve a Palavra do Senhor!

Foi onde eu preguei. E falei 30 minutos.

Terminei a pregação, fiz o convite, saí da mata e 'vortei' pra casa.

Pois bem, agora em janeiro eu ia no Córrego do Jenipapo e um ‘jove’ tocou no meu ombro e ‘dishe’:

-Irmão Abdias, o senhor é o meu pai na fé! Tá lembrado daquele dia em que o senhor pregou lá no meio da mata? Eu era caçador e tava 'trepado' num pé de árvore atrás de bicho e ouvi a sua pregação. Quando o senhor fez o convite, eu lá de cima levantei a mão e até hoje sou um crente salvo!”

Publicado no Lifenews Maio/99

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Blog Vede os Campos


Acesse o blog Vede os Campos e divulgue esse esfoço de sensibilização e oração por Missões e missionários. Seja um seguidor e coloque também este banner com o link em seu blog.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Mostra Internacional de Musica em Olinda - 2011

Abertas as inscrições para mais uma edição da MIMO-Mostra Internacional de Música em Olinda. Indico as aulas da Etapa Educativa, que vão de master classes e workshops a oficinas de formação de orquestra e até curso de regência com o maestro Isaac Karabtchevsky. Acesse http://www.mimo.art.br/2011/etapa e saiba mais.

Eu participei na edição de 2007. Veja matéria e fotos AQUI
"Destaque da Mostra Internacional de Música em Olinda (5 a 11 de setembro, Olinda, Recife e João Pessoa), a Etapa Educativa investe no aperfeiçoamento técnico e interpretativo dos alunos. Aproximadamente 12 mil pessoas foram atendidas gratuitamente desde 2005. 

A cada ano a MIMO ganha o interesse de jovens estudantes e músicos profissionais que buscam contato com os grandes nomes que passam pelo festival, já reconhecido como um dos principais de música no país."

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Dois jograis infantis para o Dia dos Pais


Como postei outro dia (confira AQUI), já não vemos com frequencia programações com jograis em nossas igrejas, mas os departamentos infantis ainda produzem belos recitativos, que encantam tanto pela mensagem que trazem quanto pela candura com que os pequeninos recitam.
Achei dois novíssimos jograis no site da irmã Tabita e os reproduzo aqui, com permissão, para quem puder e quiser usar, se ainda der tempo de prepará-los.

A MAIS SUBLIME LIÇÃO
(jogral - 5 crianças)

1ª criança- A glória dos filhos são os pais e os filhos a herança do Senhor.

Todos- Crianças, agradeçamos a Deus neste dia, pelos pais, pelos filhos, pelo amor.

2ª criança- Guarda o mandamento do teu pai - é o conselho do grande Salomão que
acrescenta com sabedoria:

3ª criança- O filho sábio do pai ouve a instrução.

4ª criança- O Senhor disciplina a quem ama como o pai ao filho a quem quer bem.

5ª criança- Corrigindo-os com entendimento, visando a glória de uma vida além.

1ª criança- Como um pai se compadece do seu filho também o nosso Deus assim o faz- se compadece daqueles que O temem.

Todos- Dando-nos bênçãos de perdão e paz!

2ª criança- O pai do justo se regozijará; seu coração se enche de alegria.

3ª criança- Pois teme o seu filho ao Senhor, que é o princípio da sabedoria.

4ª criança- Vós filhos, obedecei a vossos pais no Senhor.

5ª criança-Não provoqueis, ó pais, os vossos filhos, criai-os nos caminhos do Senhor.

Todos- E crescendo não se desviarão pra honra e glória do Seu Criador.



HOJE É TEU DIA...ESCUTA, PAPAI


MENINAS- Pela mamãe que escolheste para mim...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Pelo meu lar e pedacinho do céu, que os dois construíram...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINAS- Pelo beijo que me dás, cada manhã, quando vais para o trabalho...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Pelo meu primeiro livro, quando entrei na escola...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINAS- Pelas broncas que me dás, de vez em quando ou de vez em sempre...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Pelas palmadas, poucas ou muitas, no lugar preciso e na hora certa...

TODOS- Eu te agradeço, papai”

MENINAS- Pelas tardes de sábado, domingo ou feriado que ficas em nossa companhia...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Pelo honrado nome que herdei, pelo que tenho de parecido contigo...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINAS- Porque tu és bom, generoso, terno, amigo, trabalhador e corajoso...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Porque em tudo és um verdadeiro exemplo para a família e amigos...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINAS- Porque tu me ensinaste o caminho do bem e do dever...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

TODOS- Nós te agradecemos, Papai do Céu, e Te pedimos que abençoes ricamente nosso papai, hoje e sempre. Amém. 
Related Posts with Thumbnails